Poema

É o poema de quem rasga os versos 

porque os sentiu demais para os dizer
 
e os ouve nas ondas tão dispersos 
 
como os sonhos que teve e viu morrer
 
 
António Patrício
 

 

Contact

Mamede Albuquerque Rua de Tomar, nº 2, 3000/401 Coimbra
http://pmadac.com
917766093 mamede.albuquerque@gmail.com